Proposta de Resolução

IV Conferência Mundial Sobre a Mulher

A Proposta de Resolução é o que causa mais “medinho” em todos. Viemos mostrar que ela não é um bicho de sete cabeças!

giphy

Vamos lá!

A Proposta de Resolução, é considerada o documento mais importante de um comitê. Através dele, os delegados expõem os consensos alcançados durante os debates e propõem cursos de ação para solucionar o problema que motivou a reunião. Uma Proposta de Resolução, para ser submetida ao debate, requer aprovação da Mesa Diretora e das assinaturas de pelo menos um terço das delegações presentes. A assinatura da de uma proposta não necessariamente indica suporte das ideias nela contidas, mas sim a vontade do delegado signatário* de vê-las em discussão.

A Proposta de Resolução deve conter:

  • Cabeçalho, composto pelo nome do comitê, pela data e numero da resolução.
  • Preâmbulo: Ela representa os motivos que levaram os delegados a chegar naquelas decisões que virão a seguir nas cláusulas operativas…

Ver o post original 82 mais palavras

Anúncios

NÃO ESQUECEREMOS!

IV Conferência Mundial Sobre a Mulher

Hoje o assunto é sério, contudo mais do que necessário. De acordo com a ONU, a taxa de feminicídios[1] no Brasil é a quinta maior do mundo – 4,8 a cada 100 mil mulheres. Entre 2003 e 2013 o número de assassinatos de mulheres negras cresceu 54%, passando de 1.864 para 2.875, segundo o Mapa da Violência.

A ideia desse post surgiu pelo número alarmante de casos de violência contra a mulher, é claro, mas também por uma coisa que me aconteceu hoje. Navegando pela internet me deparei com um post no facebook perguntando quais “tragédias nacionais” tinham marcado a nossa infância. De cara me lembrei do Caso Eloá – acho que foi meu primeiro contato com a ideia de que podemos ser assassinadas pelo simples fato de terminar um relacionamento –, mas logo percebi que muitas pessoas já não se lembravam mais dele. Senti na hora uma necessidade…

Ver o post original 743 mais palavras

Ajudinha com a pesquisa #1

IV Conferência Mundial Sobre a Mulher

Olar menines, turo bom?

Hoje eu vim aqui pra ajudar vocês com uma parte mais prática da nossa simulação: os debates. Como vocês já sabem a Conferência de Pequim Sobre a Mulher aconteceu em 1995, mas o que isso significa pra vocês? Além do fato de podermos usar e abusar da moda da década de 1990 nos dias do evento, significa também que as informações utilizadas por vocês no debate devem ser condizentes com o ano em que a simulação se passa. Ou seja, informações atuais de qualquer tipo não podem ser utilizadas como argumento por vocês delegades. Por isso nós resolvemos fazer essa série de posts falando sobre detalhes importantes que vocês devem conhecer para o nosso debate fluir, assim como dar várias dicas de fontes de informação que vocês poderão utilizar.

O primeiro post vai ser dedicado então a importância da história para formar nossos argumentos. Vocês devem…

Ver o post original 563 mais palavras

Plano de Metas

O último post de blog chegou…

A proposta de resolução feita por vocês e aprovada por unanimidade!

Proposta de resolução 3

IV Conferencia Mundial das Mulheres – Pequim 1995

Patrocinadores: Estados Unidos, França, Austrália, Reino Unido

Signatários: CWGL, Turquia, Croácia, Japão

Buscando a igualdade de gênero; reconhecendo a pluralidade dos países aqui presentes; reafirmando que os Direitos Humanos são os Direitos das Mulheres e ainda frisando que as questões culturais são significativas, propõe-se:

1-Propor um Plano de Metas

1.1-A china compromete-se a fazer um plano para abolir a política do filho único, no prazo de quinze anos, pois a mesma desrespeita os Direitos Humanos, os Direitos das Mulheres e ainda ajuda a promover o feminicídio;

1.2-Os países da América Latina (Uruguai, Colômbia, Venezuela, Brasil, Paraguai) se comprometem a legalizar o aborto em caso de estupro e deficiência do feto e os países que quiserem podem abolir completamente o aborto e são incentivados a isso;

2-As ONGs podem organizar qualquer campanha de qualquer cunho que desejarem em todos os países aqui presentes respeitando a legislação de cada um;

3-Os países aqui presentes que tem o aborto legalizado se comprometem a facilitar o processo de adoção de crianças;

4-O Catar se comprometeu a permitir a ajuda de ONGs em seu país;

5-O Sri Lanka propõe a legalização do aborto em casos de riscos de vida à genitora e a criação;

6-Respeitar os hábitos culturais de cada país e o princípio da autodeterminação;

6-1. Impedir que aspectos como a saúde feminina e a denúncia de qualquer tipo de violência contra a mulher sofram intervenção dos hábitos sócio-culturais dos países exteriores à questão inicial;

6-2. Permitir a ação de organizações não governamentais direcionadas ao tema na construção da gradual emancipação feminina, de acordo com a cultura de cada nação e os hábitos impostos por ela;

7-Assegurar o avanço gradual da educação igualitária em cada país, considerando as barreiras sócio-econômicas de cada nação;

8-Reafirmar a função do Estado como regulador da ordem social vigente no país, respeitando sua respectiva Constituição;

9-Certificar o comprometimento das ONG‘s no auxílio à integridade da mulher, bem como a asseguração dos hábitos culturais de cada país;

10-Assegurar o respeito às mulheres, levando em consideração a crença religiosa de cada povo, bem como seus valores morais;

10-1.Criar organizações que certifiquem o funcionamento adequado do tópico anterior.

11-Proteção internacional às mulheres que sofrem com conflitos armados;

12- Doações:

12.1-Quanto a questão do Sri Lanka, um país assolado pela guerra, propõe-se:

*Apoio financeiro e criação de multinacionais pela Alemanha e Estados Unidos, na condição de que 30% dos cargos sejam destinados às mulheres.

*Apoio e asilo de refugiados por parte do Reino Unido e Inglaterra, mas de forma limitada.
*Financiamento médico por Rússia e Cuba.

*O Sri Lanka propõe a legalização do aborto em casos de riscos de vida à genitora e a criação.

12.2- A  Austrália se compromete com o envio de professores, para a educação de mulheres em áreas em que isso não é possível.

12.3-Cuba se compromete com o envio de médicos e psicólogos, para o Zimbábue e Camboja, que sofrem com abusos sexuais frequentes e consequentemente contaminação  de HIV e difamação alheia, com o financiamento da Austrália.

12.4- As ONGs se comprometem a ajudar a Guatemala e a delegada que foi sequestrada terá que ter ajuda de seu país, pois a ONU não se compromete a oferecer recompensa pela mesma, já que isso incentivaria outros sequestros.

13-O compromisso quanto a criação de uma nova conferência no ano de 2005 para debater as questões novamente e analisar os avanços conquistados pelas mulheres nos próximos dez anos.

 

8 coisas que (provavelmente) irão acontecer com você nos dois dias de MINIONU

Esse é nosso último post pra vocês antes do MINIONU. Por isso, reunimos 8 coisas que muito provavelmente irão acontecer com cada um de vocês nesses dois dias.

1. Quando você chega na PUC-Poços pela primeira vez

Imagem relacionada
“Eu estou com frio e eu vi um coiote (substitua por qualquer outro animal ~literalmente~)”

2. Quando você ganha seus kits (desculpa, eu amo ganhar coisas)

Resultado de imagem para unbreakable kimmy schmidt gif

3. Quando você faz seu primeiro discurso e percebe que todo o nervosismo de antes foi por nada

Resultado de imagem para gif ufa

4. Quando você ta super empolgado no seu discurso mas ouve o martelo bater e a Diretora dizer que seu tempo acabou

Resultado de imagem para gif porta dos fundos

5. Quando você aprende a usar todas as questões e moções na hora certa

Resultado de imagem para gif porta dos fundos

6. Quando você só quer que alguém peça uma moção de adiamento da sessão pra você poder almoçar

Resultado de imagem para gif food joey
“Essa é uma ótima história. Posso comer?”

7. Quando sua proposta de resolução passa

Resultado de imagem para gif slay

8. Quando terminam os debates e você percebe que o MINIONU só volta daqui a um ano

Imagem relacionada

Provavelmente vocês vão viver muitas outras coisas nesses dois dias e é exatamente isso que faz o MINIONU valer a pena!

Até dia 16!

Contagem regressiva #2: o que levar?

Olar lindes! Falta menos de uma semana pro MINIONU e as expectativas aqui já estão a mil!

Pro post de hoje vamos dar algumas dicas do que levar para o nosso evento.

checklist

  1. Documentos: convenhamos que a gente nunca deve sair de casa sem eles, né? Além do mais, eles serão essenciais para fazer seu credenciamento no primeiro dia de evento e também para casos de emergência. Por isso não se esqueçam!
  2. Pen-drives: nossos comitês estarão equipados com um projetor e um pen-drive será super útil se vocês quiserem apresentar um documento de trabalho para o restante dos delegadxs ou até mesmo para projetar suas propostas de resolução, caso necessário! P.s.: a gente sabe que em 1995 não existiam pen-drives, mas vamos usar a imaginação e fazer de conta que existiam haha 😉
  3. Notebook: obviamente que não é uma exigência, mas os notebooks podem ajuda-lxs em caso de pesquisas de última hora (por favor, não deixem a pesquisa pra última hora hahaha).
  4. Carregadores: e claro, não se esqueçam dos carregadores de notebook e celular.

Dica bônus – chinelos! O mês de setembro costuma ser bem quente – especialmente em Poços de Caldas onde o tempo muda a cada 5 minutos – e ficar de roupas e sapato social o dia inteiro pode ser bem cansativo. Levem seus chinelos na bolsa pra usar no horário de almoço (um segredinho, nós também levamos os nossos!).

Dica bônus 2 – casacos! Sim, eu sei, contraditório, né? Mas como eu disse, Poços é um lugar muito confuso, não confie na previsão do tempo.

Nota 1: nós não podemos fornecer medicamentos, contudo o ambulatório irá funcionar durante todo o evento caso alguém necessite de atendimento.

Nota 2: a PUC não se responsabiliza por objetos perdidos, por isso mantenha seus pertences próximos a vocês durante todo o tempo!

E por fim, leve sua empolgação e vontade de participar! Estamos ansiosíssimos esperando por vocês!

o que levar

Chegou a vez de ouvir a versão da Capitu

É natural o medo nos primeiros momentos em que estamos expostos, mas esses instantes aflitivos são passageiros. Isso acontece porque nosso organismo produz uma descarga de adrenalina, mas rapidamente essa substância é metabolizada e devolve ao orador a segurança necessária para desenvolver seu discurso. A principal causa do medo é o fato de não estar acostumado a falar em público.

Convém adotar um estilo pessoal e natural, e seguir a linha da sinceridade é bastante eficiente para convencer os ouvintes. É preciso também certificar-se de que não está sendo impositivo e usar palavras e expressões familiares. Falar com entusiasmo e emoção é fundamental, visto que seu trabalho é convencer os demais delegados da posição de seu país. Uma postura confiante inspira credibilidade, falar em ritmo natural e olhar nos olhos da plateia é o melhor recurso. Os gestos podem enfatizar os pontos mais importantes, por isso é essencial saber usá-los.

É necessário destacar também a importância da postura corporal, primeiro que as pessoas vão te colocar em uma posição de respeito, e segundo, porque a voz sai melhor quando o corpo está ereto. Os olhos devem se manter firmes ao olhar para a plateia sem a intenção de parecer arrogante e, no caso de receber um olhar hostil, aconselha-se desviar do olhar a fim de evitar o confronto, visto que só você percebeu a cena e toda a atenção está direcionada a sua fala e esse é o seu momento.

As pessoas darão maior atenção ao que é dito em primeiro momento, portanto, deem uma maior ênfase as suas primeiras palavras, porque elas devem carregar o peso das ideias que irá defender durante todo o debate. As ideias centrais do seu discurso devem ficar claras aos demais delegados, e a partir delas desenvolver e defender o posicionamento de seu país. Tão impactante quanto um discurso que começa bem, é um discurso que termina bem. Finalizar um discurso a fim de convencer os ouvintes é uma arte, e mostra seu domínio com as palavras e sua capacidade de convencimento.

Senhores delegados, nessa reta final é essencial que já estejam preparando sua oratória. Desejamos a todos vocês bons estudos e confiança para o grande dia.

Dicas:

Discurso de Malala Yousafzai no Prêmio Nobel da Paz

http://historico.blogdacompanhia.com.br/2014/12/discurso-de-malala-yousafzai-no-premio-nobel-da-paz/

Malala e suas vozes

https://www.facebook.com/pg/pequim95/videos/?ref=page_internal

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Contagem regressiva #1: O que vestir?

Oi menines, turo bom com vocês?

Falta menos de um mês para segunda edição do MINIONU-Poços de Caldas acontecer e com isso começam as dúvidas: o que devo vestir? O que devo levar? O que vamos comer? Mentira, isso não – mas comer também é sempre importante, né, obviamente. Se manter hidratado também!

Calma, eu fugindo do tópico.

Resultado de imagem para nazare confusa

Teremos agora então, nessa reta final, uma série de posts relacionados a essas dúvidas assim como relacionados as dúvidas sobre as regras do debate em geral – que já estão rolando, fiquem atentes as publicações do blog!

Vamos então ao que interessa!

Resultado de imagem para gifs o diabo veste prada

Primeiro – e de novo – vamos lembrar que nosso comitê acontece em 1995, logo, os looks da época são SUPER aceitáveis (inclusive, encorajamos, vamos soltar nossa criatividade!). Terninhos, blazers e vestidos são ótimas pedidas e caem super bem pra todes.

Ou se você quer representar a cultura do seu país também na vestimenta, por que não? Existem diversas roupas típicas de tribos e países africanos e asiáticos, principalmente, que podem facilmente serem adaptadas e usadas nos dias de debate! As cidades europeias e americanas também possuem um estilo próprio que podem ser trazidos para o MINIONU. As burcas e hijabs do Oriente Médio, também são muuito bem-vindos por aqui!

Agora a parte mais chatinha.

Resultado de imagem para gifs o diabo veste prada

Como estaremos em um ambiente mais formal, vale evitar o uso de chinelos e rasteirinhas, assim como roupas muito curtas ou decotadas – isso vale pra todes, fazendo o favor. Recomendamos evitar também o uso de saltos muito altos e outros sapatos que possam se tornar desconfortáveis ao longo do dia. Vamos lembrar que os debates duram o dia inteiro e vocês terão intervalos entre eles, prezem pelo seu conforto!

Imagem relacionada

Por hoje é isso, semana que vem temos mais dicas pra vocês! Quaisquer dúvidas entrem em contato conosco pelo blog mesmo ou pelas nossas redes sociais. O grupo do whatsapp já está pronto e se você ainda não está lá, nos avise!

Beijinhos de luz!

Resultado de imagem para gifs o diabo veste prada

Proposta de Resolução

A Proposta de Resolução é o que causa mais “medinho” em todos. Viemos mostrar que ela não é um bicho de sete cabeças!

giphy

Vamos lá!

A Proposta de Resolução, é considerada o documento mais importante de um comitê. Através dele, os delegados expõem os consensos alcançados durante os debates e propõem cursos de ação para solucionar o problema que motivou a reunião. Uma Proposta de Resolução, para ser submetida ao debate, requer aprovação da Mesa Diretora e das assinaturas de pelo menos um terço das delegações presentes. A assinatura da de uma proposta não necessariamente indica suporte das ideias nela contidas, mas sim a vontade do delegado signatário* de vê-las em discussão.

A Proposta de Resolução deve conter:

  • Cabeçalho, composto pelo nome do comitê, pela data e numero da resolução.
  • Preâmbulo: Ela representa os motivos que levaram os delegados a chegar naquelas decisões que virão a seguir nas cláusulas operativas. O preâmbulo deve ser com verbos no gerúndio e em itálico (Buscando, Reafirmando).
  • Clausulas Operativas: Estas são as decisões de fato que foram alcançadas no comitê. Aqui também se respeita a estrutura de tópicos, mas estes são iniciados com verbos no infinitivo. As cláusulas operativas deverão ser sempre numeradas e deverão sempre terminar em ponto-e-vírgula, à exceção da última, que será terminada por ponto final.

*Que assina ou subscreve um texto, um documento.

Exemplo de uma Proposta de Resolução: https://4minionupequim95.wordpress.com/2017/06/20/i-conferencia-da-representatividade-da-mulher-no-cinema/

Ajudinha com a pesquisa #3

Olha só quem voltou!

Hoje vamos abordar um pouquinho as regrinhas do MINIONU!

Vocês sabem o que é um documento de trabalho?

giphy (4)

Calma, a gente vai explicar!

giphy (3).gif

O documento de trabalho pode ser qualquer coisa (foto, vídeo, declaração, até uma dança~ Vai que, né~) que auxilie as discussões do comitê. O documento de trabalho serve para trazer novas informações nos dias de debate.

giphy (7).gif

Como apresentar o documento de trabalho nos dias do MINIONU?

O documento precisa ter o título “Documento de Trabalho” e em seguida sua descrição. O documento deverá conter a assinatura de pelo menos 1/5 do quórum. Em seguida, deve ser entregue para ser apreciado e exibido!

giphy (5).gif

É obrigatório que o documento não fuja do tema do comitê.

Ps: Lembre-se que a IV Conferência Mundial Sobre as Mulheres se passa em 1995!

Pergunta: Quantas milhões de vezes a palavra documento apareceu?